Prendendo configurações de PROXY para todos os usuários, em sistemas Linux

Depois de apanhar um bocado e de negligenciar algumas leituras, deparei-me com uma configuração bem tranquila e eficaz de prender a configuração do PROXY.
Esta dica é bem útil para quem utiliza aplicativos como navegador Google Chrome, que não permite configuração de PROXY, utilizando somente as configurações do sistema, ou passadas manualmente.

É bem simples, basta adicionar as seguintes linhas ao seu arquivo /etc/profile

Se o seu servidor PROXY for autenticado
export https_proxy=http://usuário:senha@ipdoservidor:portadoservidor
export http_proxy=http://usuário:senha@ipdoservidor:portadoservidor
export ftp_proxy=http://usuário:senha@ipdoservidor:portadoservidor

SSe o seu servidor PROXY não for autenticado:
export https_proxy=http://ipdoservidor:portadoservidor
export http_proxy=http://ipdoservidor:portadoservidor
export ftp_proxy=http://ipdoservidor:portadoservidor

Bons trabalhos!

PAZ!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *